sexta-feira, 6 de novembro de 2009

LUCILIA CAVALCANTI: LEMBRANÇAS DE VIDAS PASSADAS

Hoje O "butecólico" tem o orgulho de trazer um dos textos que mais me chamaram a atenção, um dos melhores de Lucilia. Este me fez refletir, me trazendo à tona muitas saudades - é verdade - daqueles queridos que já fizeram sua passagem para o infinito.
______________________________________________________

LEMBRANÇAS DE VIDAS PASSADAS

São tantas as lembranças que se entrechocam em minha mente, que não consigo separá-las do tempo e das etapas da realidade vivida em meu passado. Busco os caminhos menos tortuosos, evito os atalhos e tento sair do labirinto da memória. Não chego à nitidez desejada para trazê-las à tona, com a coerência esperada.São lembranças de vidas passadas pela minha vida, vidas que foram importantes para mim, que me fizeram feliz, que me ajudaram a crescer, a ser melhor, a ver o mundo com mais alegria e tantas outras que me fizeram sofrer e me envolveram num torvelinho de mágoa, de angustia, de sentimentos de revolta e de dor. Essas e aquelas permanecem em minha memória e de certo modo me ajudaram no discernimento do certo e do errado, da crença e da descrença, do bem e do mal inerente ao ser humano.Aprendi com as vidas que pela minha vida passaram e que agora são só lembranças, que as palavras proferidas são como as bofetadas desferidas. Não retornam à boca de onde saíram, nem à mão de onde partiram. Continuam como um tormento na alma e na mente de quem as ouviu, ou na face de quem as recebeu, vibrando e ardendo por toda a vida. Talvez por toda a eternidade.

_______________________________________________________

Inté.

Um comentário:

Danielle disse...

Amei o poema..adoro coisas assim, e tudo oq vc escreve