sábado, 14 de novembro de 2009

SECADOR RUBRO-NEGRO DA ILHA

Mais de cem rubro-negros secaram o São Paulo neste início de noite (onde?) no Bar do Beto, mas não teve jeito. O tricolor paulista venceu por 2 x 0 o abatido Vitória, mas isso não esfria a marcha rumo ao hexacampeonato.

A atuação do primeiro time, dos comandantes daquele balcão é que merece destaque. Com seu lindíssimo manto de série limitada (esplendida camisa distribuída apenas para conselheiros do CRF. Nela se vê o imenso número 113, comemorando este aniversário do Mengão e marcando o início dos trabalhos da Olympikus na Gávea), o aclamado técnico Baixinho comandou confortavelmente o furdunço.

Júlio (Julio é um dos flamenguista mais fervorosos que já conheci), o capitão do grupo, dava com os braços no ar e ditava durante todo jogo palavras de ordem, de baixo da tal TV de plasma que Léo (vascaíno) ostenta em cima da geladeira de refrigerantes, de frente pra rua e para os mais de cem flamenguistas. Mesmo à distância, os brados de Meeengooo! ; Meeengooo! ; eram facilmente ouvidos por quem passava pelo Ilha Plaza.

O competentíssimo armador Julinho – como todos que se espremiam no balcão - também se esforçou bastante, mas não havia mesmo de ser. Pelo menos, a cerveja estava de doer os dentes.

Amanhã, às cinco da tarde, a festa está garantida. Contarei para vocês como foi. Prometo fotografar.
Inté.

3 comentários:

Ana Rodrigues disse...

Belo secador, as cores são perfeitas ! E viva o pastel e o caldo de cana da feira livre !
Parabéns pelo blog !

Juliana Duarte disse...

Q legal não sabia q vc tb tem um Blog... adorei... já estou te seguindo e vou te colocar na minha pagina nos blogs amigos... bjokasss

Rodrigo Nonno disse...

Olá, queridas!

Fico muito feliz com a presença de vocês por aqui.

Sejam bem chegadas. Espero vê-las sempre.

A casa é de vocês.

Beijo.